GM dispensa em SCS e cancela férias em Gravataí

O presidente da GM no Brasil e Mercosul, Jaime Ardila, disse que está estudando o caso, mas deu a entender que vai dispensar o pessoal. “Na nossa visão, o mercado em 2009 é de 2,4 a 2,5 milhões de unidades – mesmo tamanho de 2007. O terceiro turno foi contratado para um mercado de 3,2 milhões. Então, não comporta mais”, afirmou.

Já em Gravataí foram suspensas as férias coletivas que aconteceriam este mês, em razão de uma melhora nas vendas de janeiro, quando a GM vendeu 38 mil veículos.

Em São José dos Campos a GM programa novas férias coletivas de 16 de fevereiro a 17 de março para os trabalhadores que fabricam motores e transmissões.

Fonte: Automotive Business