GM Mogi passa a abastecer São Caetano


O Complexo Industrial da General Motors em Mogi das Cruzes recebe novos recursos e ganha importância na manufatura da companhia, passando a produzir componentes que vão abastecer as linhas de montagem em São Caetano do Sul. Até agora a unidade fabricava apenas peças para atender o mercado de reposição.

Segundo José Eugênio Pinheiro, vice-presidente de manufatura da GM América do Sul, a iniciativa contribuirá para aliviar a fábrica pioneira da marca, em São Caetano, que já chegou ao limite da capacidade de produção, de 900 unidades por dia, e deve ganhar maior flexibilidade para a introdução de novos modelos no portifólio.

Na terça-feira, 29, a GM promoverá a montagem simbólica no complexo de Mogi das Cruzes do primeiro subconjunto destinado ao segundo modelo da família de veículos do programa Viva (O argentino Agile foi o primeiro). Foram convidados para a cerimônia jornalistas e autoridades municipais.

Pela General Motors do Brasil estarão presentes José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente; Marcos Munhoz, diretor geral de comunicações, relações públicas e governamentais; José Eugênio Pinheiro, Edson Vaz, diretor geral de pessoal e relações do Trabalho; Luiz Moan, diretor de assuntos institucionais; Reinaldo Pereira, diretor do Complexo de Mogi; Pedro Luiz Dias, diretor de Comunicação Social.

Fonte: Automotive Business