GM não vê compradores para Saab

Venda da montadora sueca ajudaria a acertar as contas da companhia

Agora que o empréstimo de US$ 17,4 bilhões já está confirmado, a GM está empenhada em re-estruturar a casa, como prometido ao governo Bush mês no passado. De acordo com a agência Automotive News, uma das opções estudadas pela montadora é a venda da marca Saab. Em sondagens feitas pela GM, todavia, nenhum comprador potencial para a empresa foi encontrado.

Sob a tutela da GM desde 1989 (ocasião em que a norte-americana comprou metade da companhia), a Saab jamais conseguiu repetir o sucesso atingido em 1986, quando vendeu 48 181 unidades, melhor ano da empresa naquele país desde então. Contando com uma gama enorme de marcas sob a sua tutela, a GM deve enfrentar um longo embate para colocar as contas em dia. Além da Saab, a montadora precisa decidir o que fazer com as linhas Pontiac e Saturn, também inclusas na “revisão de estratégia”, como vem sendo chamada a re-estruturação.

Outra que deve dar muita dor de cabeça é a Hummer, com seus enormes utilitários, cada vez menos procurados naquele país. Em julho de 2008, aliás, a GM tentou, sem sucesso, vender a divisão.

Hugo Passarelli

Fonte: Terra – Carro Online