GM terá 8 modelos novos no Brasil até 2012


A General Motors anunciou na segunda-feira, 31, a última etapa do plano de expansão no Brasil, iniciado em 2008. A montadora vai investir R$ 700 milhões na planta de São Caetano do Sul, São Paulo, totalizando um aporte de cerca de R$ 5,2 bilhões no Brasil até 2012.

A última fase do investimento será dedicada ao desenvolvimento e produção de um novo veículo na planta do ABC. O presidente da marca para o Brasil e Mercosul, Jaime Ardila, adiantou que será um modelo grande e com produção global, que deve ser fabricado na Indonésia e em mais uma unidade asiática.

Segundo Ardila, o investimento na produção local é motivado por uma expansão constante há quatro anos na região. “A cada ano a nossa produção no Brasil aumenta em 50 mil unidades. Devemos fabricar 650 mil veículos em 2010”, revela.

O executivo estima produzir entre 45 e 50 mil unidades anuais do novo modelo a partir de 2012. O volume soma-se a outros lançamentos já anunciados pela montadora. No segundo semestre deste ano deve chegar ao mercado mais um modelo da família Viva, a mesma do Agile, com volume previsto em 35 mil unidades. Para 2011 a marca reserva o início da produção de dois novos sedãs na planta do ABC, que devem alcançar o volume de 70 mil unidades.

Junto com dois modelos já anunciados para a unidade de Gravataí, no Rio Grande do Sul, e dois para São José dos Campos, em São Paulo, a GM já alcança oito modelos novos para 2012. “Nossa linha atual tem 19 produtos, contando com o Malibu. Devemos substituir alguns deles e avançar em outros segmentos”, assume Ardila.

A produção na fábrica de São Caetano, onde são montados atualmente o Astra, o Vectra e o Classic, passará por grandes ajustes para receber as novas linhas. Com capacidade para 220 mil unidades, a planta dever chegar a 280 mil unidades até 2012. “Há diversas alternativas para alcançarmos o volume. Criar um terceiro turno, transferir algumas etapas do processo para a unidade de Mogi das Cruzes e modernizar os equipamentos são algumas delas”, revela o dirigente.

Agenda para São Caetano

-2º semestre/2010: 2º modelo da família Viva – 35 mil unidades/ano
-2011: dois novos sedãs – 70 mil unidades em conjunto por ano
-2012: veículo global – entre 45 mil e 50 mil unidades/ano

Foto: Jaime Ardila, presidente da GM Brasil e Mercosul.

Fonte: Automotive Business