Golf Light promete ser um pé-de-boi do best seller alemão

Golf Light promete ser um pé-de-boi do best seller alemão

Um Golf mais barato. É nisso que a Volkswagen estaria trabalhando agora, de acordo com a revista alemã Auto Bild. Mas, esqueça completamente o hatch médio que você conhece e mesmo a próxima geração, que já foi vista rodando na África do Sul. O carro que a montadora estaria criando é algo totalmente diferente.

Segundo a publicação germânica, o projeto chamado “Golf Light” pretende resgatar a proposta popular do hatch lançado em 1974, já que o Golf VIII será altamente tecnológico e caro. A ideia teria partido do fato de que proposta abaixo do modelo atual não estaria funcionando. Nesse caso, não se trata do Polo, que é focado em outros clientes da VW, mas o up!.

Golf Light promete ser um pé-de-boi do best seller alemão

Como o subcompacto não terá continuidade em sua forma atual, devendo ser convertido em um carro elétrico puro – apesar dos rumores de que um crossover compacto venha a ser feito também – a VW está pensando em um novo carro de entrada. Mas é aí que a coisa fica no mínimo interessante.

Ao invés de um Polo Light, a Volkswagen estaria decidida a criar um Golf “pé-de-boi” para o mercado europeu, sendo este descrito como um produto entre um “Dacia mais caro e um Skoda básico”. Isso também poderá ser refletido na plataforma a ser usada, sendo considerada a MQB-A0 para essa função.

A ideia não é totalmente estranha, nesse caso, pois recentemente a Skoda lançou o hatch médio Scala, que utiliza a MQB-A0 com o mesmo entre-eixos dos brasileiros Virtus e T-Cross. Então, esse Golf Light pode se beneficiar da mesma estrutura destes para ser mais barato e espaçoso que o Golf atual.

Golf Light promete ser um pé-de-boi do best seller alemão

Fala-se também que ele será tão barato, que a oferta será resumida ao motor EA-211 1.0 TSI com câmbio manual de cinco marchas, embora acredite-se que a transmissão de dupla embreagem DSG de sete marchas, ainda seja usada. Outro ponto é que o interior será bem simplificado, com uso de mais plásticos duros e guarnições de fácil montagem.

Seria este uma nova forma de manter o Golf como o segundo carro mais vendido da história? Para ser vendido dessa forma, na Europa, o hatch ainda terá que portar sistemas de segurança mais avançados, como frenagem automática de emergência, por exemplo. Porém, isso não deve ser um problema para a VW, devido à escala de produção e logística.

Resta saber também se existe alguma chance do Golf Light ser feito fora da Alemanha. Dependendo de como for a proposta, pode ser uma redefinição do hatch médio para mercados como Índia, China e, quem sabe, Brasil.

[Fonte: Auto Bild via Auto Evolution]

© Noticias Automotivas. A notícia Golf Light promete ser um pé-de-boi do best seller alemão é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.