Governo americano admite prejuízo de US$ 2,1 bi com a Chrysler


Da AFP

O governo federal americano admitiu nesta segunda-feira um prejuízo de US$ 2,1 bilhões em um empréstimo feito à montadora de automóveis Chrysler em janeiro de 2009, do qual obteve um reembolso recentemente de US$ 1,9 bilhão.

O empréstimo de US$ 4 bilhões foi concedido à Chrysler Holding (CGI Holding), casa matriz da Chrysler LLC (“Velha Chrysler”), em janeiro de 2009. A empresa ficou inadimplente, amparando-se na lei de falências em abril do ano passado.

O departamento do Tesouro anunciou nesta segunda-feira ter recebido “um pagamento de 1,9 bilhão de dólares” da CGI “como cancelamento de um dos empréstimos” oferecidos para financiar a “Velha Chrysler”.

“Esse pagamento, apesar de menor que o valor nominal, é significativamente maior que o que o Tesouro esperava recuperar desse empréstimo”, afirma o comunicado da instituição

Fonte: Diário do Grande ABC