Governo americano garante carros da GM e Chrysler

O governo americano vai assumir a responsabilidade pela garantia dos carros produzidos pela General Motors e Chrysler. A iniciativa foi anunciada pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama e visa eliminar uma das dúvidas que tem afastado potenciais compradores de produtos dos dois grupos.
A GM e a Chrysler enfrentam sérios riscos de terem que entrar em concordata. As vendas das duas empresas caíram ao mais baixo índice dos últimos 27 anos e, na tentativa de evitar sua quebra, o governo está tomando medidas de socorro, após forçar o presidente da GM, Rick Wagoner, a pedir demissão.

Um possível pedido de concordata, embora não signifique a quebra das empresas, poderia levar a uma redução ainda maior das vendas, já que os consumidores ficariam inseguros quanto à vigência da garantia dos carros e do fornecimento de peças e serviços mecânicos pelas concessionárias.

Renovação da frota – O presidente americano também declarou que deseja implantar uma política de incentivos para a renovação da frota americana, incentivando os consumidores a entregarem seus carros velhos para serem sucateados, na compra de veículos novos, menos poluidores e mais econômicos.

O programa de renovação da frota pode ajudar as fábricas em dificuldades a aumentarem suas vendas, além de contribuir para a diminuição da importação de petróleo e a redução das emissões de gases causadores do aquecimento global.

Fonte: Auto Estrada