Governo prorroga redução de IPI

Indústria automotiva nacional: vendas em alta
Medida vale para modelos 1.0 flex, que terão alíquota de 3% até 31 de março

DA REDAÇÃO

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anuncia a prorrogação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para modelos equipados com motor 1.0 bicombustível, que continuarão com alíquota de 3% até o próximo dia 31 de março de 2010. Antes do anúncio dessa medida, na noite de ontem, o imposto chegaria a 7% em janeiro. Trata-se de uma medida que faz parte do incentivo aos chamados “carros verdes”, segundo Mantega, que vai criar um grupo de trabalho para que as fabricantes tragam projetos preocupados com o meio ambiente.

Os demais modelos, com motores até dois litros flex ou a álcool continuam com 7,5% e os a gasolina passarão dos atuais 9,5% para 13% em março. Acima dessa cilindrada, a alíquota de IPI continua em 25%. Mantega também disse que o setor automotivo é um dos mais importantes da indústria nacional, recolhendo em torno de R$ 40 bilhões em impostos por ano.
Fonte: Auto Esporte