Grupo Volkswagen promete anunciar solução no fim de outubro

 Definirá plano de ação para corrigir fraude em 11 milhões de veículos
REDAÇÃO AB
O Grupo Volkswagen anuncia que até o fim de outubro vai divulgar para autoridades seu plano de ação que prevê a correção do software responsável pelo escândalo de fraude das emissões de poluentes em cerca de 11 milhões de veículos das marcas do grupo, incluindo a própria Volkswagen e a Audi.Em comunicado divulgado na quarta-feira, 30, a companhia diz que em uma primeira etapa, informará aos 11 milhões de clientes de que as características de seus veículos com relação a emissões serão corrigidas nas próximas semanas e meses, sem mencionar ainda quando dará início e como o fará, embora esta etapa esteja caracterizada como um recall. Nesta fase, todas as marcas do grupo afetadas vão configurar seus sites locais para atualizar os clientes sobre a evolução deste processo, informa a nota.A Volkswagen acrescenta que todos os veículos são tecnicamente seguros e têm plenas condições de circular. Na sexta-feira, 25, a companhia definiu a necessidade de estabelecer um procedimento de serviço para atender os 11 milhões de veículos afetados pela fraude de emissões, todos equipados com o motor a diesel EA 189, incluindo os Volkswagen Golf sexta geração, Passat sétima geração e Tiguan primeira geração, além dos Audi A1, A3, A4, A5, A6, TT, Q3 e Q5. Alguns veículos Seat e Skoda também utilizam o mesmo motor.
Fonte: Automotive Business