Híbrido i8 deve ganhar em breve versão conversível e mais potência

 Configuração Spyder foi apresentada como protótipo há mais de 3 anos. BMW deve trocar motor 1.5 turbo por 2.0, também turbinadoPor Alessandro ReisExibido há mais de três anos como conceito, o i8 Spyder conversível está próximo de ganhar uma versão de produção. É o que afirma a publicação alemã Handelsblatt, citando o novo CEO da BMW, Harald Krueger.Atualmente, i8 com carroceria fechada rende 362 cvAinda não são conhecidos detalhes técnicos do futuro lançamento, cujo protótipo trazia painel do teto removível, enquanto a expectativa é de que o Spyder definitivo traga mecanismo elétrico para acionar e recolher a capota – outros modelos da marca, como o Z4, trazem um sistema de capota rígida, enquanto em veículos como o Série 6 conversível ela é de lona.Espera-se, também, que tanto o i8 tradicional quanto o Spyder tragam em um futuro próximo aprimoramentos na parte mecânica, que é híbrida. Enquanto o cupê atualmente rende 362 cv, combinando motor 1.5 turbo a combustão e outro elétrico, ele deverá ganhar um propulsor a gasolina de maior cilindrada, dois litros. Com isso, a potência combinada chegará a 450 cv, aproximadamente.O i8 também deve receber, nas duas versões de carroceria, aprimoramentos para ampliar a capacidade de carga das baterias e, com isso, a autonomia no modo puramente elétrico, atualmente em torno de apenas 30 km. Hoje, o i8 Cupê é vendido no Brasil sob encomenda e com preço sugerido de R$ 800 mil, sem benefícios fiscais incluídos.
Fonte: Auto Estrada