Honda apresenta Jazz Si no Salão de Genebra


da Redação

A fórmula popularizada no Brasil de combinar acabamento esportivo como motor nem tanto aparece no Salão de Genebra. O Honda Jazz, como é chamano no mercado europeu o Fit, chega à Suíça na versão Si. O propulsor, entretanto, é o mesmo 1.4 16V de 100 cv de potência das versões mais mansas. As vendas começam em agosto.

Se o motor não é digno da sigla Si, o visual do Jazz está é coerente. O monovolume recebe para-choques esportivos, o dianteiro com tomadas de ar maiores e spoiler e o traseiro com saídas de ar nas extremidades. Além disso, há saias laterais, vidros traseiros escurecidos, faróis de neblina e lanternas traseiras com LEDs.

Na cabine, o Jazz Si ganha bancos e portas com revestimento exclusivo, ar-condicionado automático, volante esportivo e controlador de velocidade. A direção elétrica tem nova calibração e fica mais direta. A Honda também instalou suspensão esportiva mais firme e rodas de alumínio de 16 polegadas.

Fonte: Interpress Motor