Inadimplência atinge em abril maior nível desde 2000

Porcentual de dívidas com mais de 90 dias de atraso chegou a 5,2% em abril.

Agência Estado – 27/5/2009 – 11h53

BRASÍLIA – A inadimplência média dos empréstimos livres atingiu 5,2% em abril, ante os 5% observados em março, informou nesta quarta-feira, 27, o Banco Central. Os dados divulgados pela autoridade monetária mostram que o porcentual das dívidas com atraso superior a 90 dias chegou ao maior nível desde outubro de 2000, quando o indicador estava em 5,3%.

O aumento da inadimplência no mês passado foi liderado pelas operações voltadas às empresas, cujo indicador passou de 2,6% em março para 2,9% em abril, no nível mais alto desde maio de 2001, quando estava em 4,2%.

Entre as várias linhas de crédito destinadas às empresas, chama a atenção o aumento da inadimplência no desconto de notas promissórias, que passou de 3,3% em março para 4,3% em abril. No desconto de duplicatas, o nível de atraso passou de 7% para 7,7%, na mesma base de comparação.

No segmento das pessoas físicas, a trajetória foi contrária e a inadimplência caiu de 8,4% para 8,2% em abril, retornando ao nível de janeiro deste ano.

Fonte: Diário do Comércio