Inadimplência cresce para 4,7% no financiamento de veículos

A inadimplência no financiamento de veículos chegou ao nível recorde de 4,7% em janeiro. A taxa era de 4,5% em dezembro. O dado, divulgado pelo Banco Central, foi um dos fatores que contribuíram para elevar os indicadores nas taxas de inadimplência nos empréstimos a pessoas físicas, que subiu de 8% para o teto histórico de 8,3% no mesmo período.

Altamir Lopes, chefe do Departamento Econômico do banco, atribuiu o avanço na falta de pagamentos nos financiamentos a outros compromissos assumidos pelas famílias neste início de ano, como despesas escolares e tributos.

Há diversas maneiras de calcular as taxas de inadimplência, mas de modo simplificado são consideradas inadimplentes as pessoas que deixam de pagar prestações por noventa dias.

A maior expectativa de risco no crédito levou os bancos a elevar as provisões para perdas.

[ voltar ]

Fonte: Automotive Business