Inflação do Carro começou 2009 em queda

O Índice de Manutenção do Carro, da Agência AutoInforme, mais conhecido como Inflação do Carro, começou o ano em queda. Os preços de produtos e serviços que o motorista usa para andar e manter o seu carro em ordem caíram 0,16% em janeiro.

Os combustíveis, responsáveis por mais de 30% dos gastos com o carro, tiveram queda de preço e contribuíram decisivamente para o índice final de janeiro. A gasolina ficou 1,05% mais barata e o álcool teve queda ainda mais acentuada, de 1,4%.

A correia dentada ficou 8,6% mais barata e os preços dos pneus caíram 5,2% em janeiro. A lavagem rápida do carro ficou 7,0% mais barata e o alinhamento de direção teve queda de 6,5%.

No ano passado o custo para andar e manter o carro subiu 5,6%, índice semelhante ao da inflação oficial. É a primeira vez em seis anos (desde que a AutoInforme divulga a Inflação do Carro) que o ano começa com deflação.

O estudo apura o preço médio dos itens necessários para andar de carro, não apenas para fazer o veículo funcionar, como os combustíveis, mas também peças que se desgastam com o uso, como amortecedores, pastilhas, velas, embreagem, bem como serviços do tipo balanceamento de rodas, revisões, lavagens, estacionamento. Também compõem a cesta de itens impostos e seguros.

Fonte: Automotive Business