Inspeção veicular reprova mais de 100 mil veículos até agosto


Até o mês passado foram inspecionadas 1,6 milhão de unidades.
Veículos movidos a diesel têm o maior índice de reprovação.

Do G1, em São Paulo

A Secretária do Verde e do Meio Ambiente divulgou nesta sexta-feira (10) o balanço dos veículos inspecionados até agosto deste ano. De acordo com a secretária, até o mês passado 1.594.076 unidades de automóveis, motocicleta, ônibus, caminhões e comerciais leves foram vistoriados. Do total, 6,48% ou 103,3 mil ainda não foram aprovados.

Agosto foi o último mês de inspeção veicular para os veículos com placa final 5 e 6. De fevereiro até o mês passado os percentuais dos automóveis que passaram pela inspeção variaram de 62,4% para os carros de final de placa 1 até 43,5% para os carros de final de placa 6. Já os índices de reprovação na primeira inspeção variaram de 22,6% para os carros de final de placa 1 até 15,9% para os carros de final de placa 6.

No caso das motos, 43,9% da frota esperada para placa de final 1 passou pela inspeção, enquanto a para modelos com a placa final 6 o comparecimento foi de 25,3%. A reprovação na primeira inspeção variou de 27,2% e até 25,5 % para as motos de final de placa 1 e 6, respectivamente.

saiba mais

Total de reprovados na inspeção veicular em SP deve aumentar em 2010 Controlar inaugura novo posto de inspeção veicular em São Paulo Entre os veículos leves movidos a diesel a variação dos percentuais foi de 63,3% para os veículos de placa final 1 até 42,4% da frota dos veículos final de placa 6. Na primeira vistoria os índices de reprovação variaram de 38,2% para veículos final de placa 1 até 38,6% para veículos de final de placa 6.

Até o final de agosto, a secretaria registrou a variação dos ônibus no atendimento a inspeção: de 69,8% dos ônibus de final de placa 1 até 52,8% da frota de ônibus de final de placa 6. A variação dos índices de reprovação na primeira vistoria foi de 22,4% para os ônibus de final de placa 1 até 27,6% para os de final de placa 6.

Já os caminhões com finais de placa 1 e 2 tiveram 26,4% e 24,3% de percentuais de comparecimento, respectivamente. Desses, 46,7% com final de placa 1 e 47,1% caminhões com final de placa 2 foram reprovados na primeira inspeção. Os caminhões com finais de placa 3, 4 e 5 começaram a realizar a inspeção no mês de agosto e têm até o dia 31 de outubro para atender o calendário.

Todos os veículos com finais de placa 7, 8 e 9 estão com o agendamento liberado para realizar a inspeção, sendo que os de final de placa 7 têm seu prazo limite até o dia 30 de setembro. Já os veículos com final de placas 8 e 9 têm até o dia 31 de outubro e 30 de novembro, respectivamente, para passar pelo procedimento, conforme o calendário de licenciamento e da inspeção veicular ambiental. O agendamento para a inspeção de veículos com final de placa 0 começou no dia 1º de setembro e segue até dia 30 de dezembro .

Prazo
Os veículos que não realizaram a inspeção veicular dentro do prazo, estão sujeitos à multa de R$ 550 se forem parados em blitze, além de estarem com o licenciamento bloqueado. Para regularizar a situação, basta pagar a tarifa de R$ 56,44 e agendar a inspeção no site www.controlar.com.br

Tarifas
Em 2010, a tarifa cobrada para a realização da inspeção veicular é de R$ 56,44 e, diferentemente do que ocorreu no ano passado, o valor não será reembolsado ao proprietário. Quem não realizar a inspeção no prazo em 2010, da mesma forma que aconteceu em 2009 estará sujeito a multa de R$ 550,00 e terá seu licenciamento bloqueado.

Quem não realizou a inspeção em 2009 (ano passado a inspeção era obrigatória para toda a frota a diesel registrada na cidade, toda a frota de motos e automóveis registrados entre os anos de 2003 e 2008) terá que pagar, para realizar a inspeção em 2010, R$ 100,62 (R$ 44,18 para efetuar o desbloqueio da inspeção de seu veículo, além da tarifa da inspeção de 2010 – R$ 56,44).

Fonte: G1 Globo Online