Argentina acentua crise com queda expressiva em janeiro

Argentina acentua crise com queda expressiva em janeiro

A Argentina mergulhou fundo em sua crise no mês de janeiro. O país vizinho contabilizou uma queda de 32,3% na produção de veículos em comparação com o mesmo período de 2018, fazendo 14.803 unidades. As exportações também caíram muito, tendo 7.403 veículos que saíram do país e isso significa queda de 28,9% numa comparação com o ano passado.

Mas, o pior foram as vendas de veículos, que despencaram 50,9% em comparação com o início de 2018. Foram apenas 59.844 unidades. Numa comparação com dezembro, os números negativos foram de 27,7%, 67,7% e 111,2%, respectivamente produção, exportação e vendas.

Argentina acentua crise com queda expressiva em janeiro

A situação está tão ruim que a Honda paralisou a produção de veículos em Campana por 30 dias. A Volkswagen, por exemplo, não enviou nenhum carro nos últimos três meses ao país vizinho. Com a crise hermana, as exportações brasileiras também são afetadas, já que o vizinho é o maior destino para os carros feitos aqui.

A Volkswagen foi a líder de vendas em janeiro, seguida por Toyota e Renault. Já entre os automóveis, a surpresa ficou por conta da perua Suran (Spacefox), que está saindo de cena e isso significa que os descontos para os consumidores argentinos devem ter sido bem vantajosos. Ka e Etios seguiram o modelo.

O SUV mais vendido foi o EcoSport, seguido de longe por HR-V e Renegade. Nos comerciais, Hilux, Amarok e Ranger foram os mais vendidos.

Confira as vendas de veículos na Argentina em janeiro de 2019:

Marcas

  1. Volkswagen 9.508 unidades
  2. Toyota 8.601
  3. Renault 7.797
  4. Ford 7.793
  5. Chevrolet 5.798
  6. Fiat 5.559
  7. Peugeot 3.823
  8. Citroen 2.072
  9. Nissan 1.957
  10. Honda 1.604

Automóveis

  1. Volkswagen Suran 2.550 unidades
  2. Ford Ka 2.334
  3. Toyota Etios 2.184
  4. Ford Ecosport 1.873
  5. Chevrolet Onix 1.728
  6. Fiat Cronos 1.680
  7. Peugeot 208 1.568
  8. Volkswagen Gol 1.481
  9. Renault Sandero 1.467
  10. Renault Kwid 1.464
  11. Toyota Corolla 1.359
  12. Toyota Yaris 1.318
  13. Fiat Argo 1.223
  14. Honda HR-V 1.091
  15. Chevrolet Prisma 1.017
  16. Volkswagen Polo 1.011
  17. Jeep Renegade 859
  18. Renault Duster 856
  19. Chevrolet Tracker 809
  20. Renault Logan 807
  21. Fiat Mobi 794
  22. Ford Fiesta 780
  23. Volkswagen Up 755
  24. Peugeot 2008 745
  25. Ford Focus 738
  26. Nissan Kicks 646
  27. Toyota SW4 576
  28. Renault Captur 565
  29. Chevrolet Cruze 554
  30. Citroen C3 489

Comerciais leves

  1. Toyota Hilux 3.001 unidades
  2. Volkswagen Amarok 1.666
  3. Ford Ranger 1.556
  4. Renault Duster Oroch 1.365
  5. Renault Kangoo 880
  6. Chevrolet S-10 669
  7. Fiat Fiorino 504
  8. Fiat Toro 497
  9. Peugeot Partner 434
  10. Fiat Strada 410
  11. Citroen Berlingo 330
  12. Mercedes-Benz Sprinter 270
  13. Nissan Frontier 256
  14. Iveco Daily 240
  15. Volkswagen Saveiro 240
  16. Renault Master 111
  17. Ford Transit 71
  18. Ram 1500 60
  19. Mercedes Benz Vito 56
  20. Kia K2500 48

[Fonte: Argentina Autoblog]

© Noticias Automotivas. A notícia Argentina acentua crise com queda expressiva em janeiro é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.