Estrangeiras fazem a festa no Salão de Los Angeles

salão

Se as marcas norte-americanas não têm grandes atrações no Salão de Los Angeles, as estrangeiras aproveitaram para mostrar diversas novidades. Especialmente as alemãs e as asiáticas. Entre novas gerações, versões e protótipos de carros do futuro, marcas como Audi, BMW, Mercedes-Benz, Porsche, Kia e Toyota chamam a atenção na feira automotiva do Estado da Califórnia.

Uma das principais atrações do evento é a oitava geração do Porsche 911. Para apresentar o modelo, na noite anterior à prévia do Salão, a montadora alemã promoveu um desfile das sete primeiras gerações do carro.

O novo 911 chega ao mercado brasileiro no segundo semestre do ano que vem. O preço inicial deverá ficar em torno de R$ 700 mil. A dianteira ficou 45 mm mais larga, deixando o desenho mais equilibrado. Os faróis são novos e o para-choque ganhou aberturas de ar maiores.

Mas a grande alteração de estilo foi feita na traseira. As lanternas agora são unidas de ponta a ponta, formando um conjunto único. O difusor integrado ao para-choque também cresceu.

O motor seis-cilindros turbo boxer de 3 litros da versão apresentada, Carrera S, ganhou 30 cv e agora gera 450 cv. O 911 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos, de acordo com a Porsche.

Outro que mudou de geração foi o Kia Soul. O modelo, que ficou com visual mais radical, surge em versões elétrica e com apelo visual esportivo ou aventureiro. O aspecto geral ficou mais futurista, e o hatch cresceu 5,6 centímetros, totalizando agora 4,19 metros. O porta-malas tem 673 litros de capacidade, 141 litros a mais que o do modelo anterior.

Além do Corolla, a Toyota investe na apresentação do Prius reestilizado. Para-choque e faróis dianteiros estão entre os detalhes que foram redesenhados. Além disso, o híbrido passa a ter versão com tração nas quatro rodas. Isso graças a um novo motor elétrico acoplado ao eixo traseiro do carro.

Da Mercedes-Benz, a atração é o AMG GT R Pro, versão mais rápida do esportivo. Com elementos de modelos das competições, ele tem suspensão especial e uso abundante de fibra de carbono. Seu 4.0 V8 de dois turbos gera 577 cv, e ele conseguiu completar uma volta nos mais de 20 km do autódromo alemão de Nurburgring-Nordschleiffe 6,3 segundos mais rápido que o AMG GT R convencional.

O superesportivo será vendido no Brasil no ano que vem apenas por encomenda. Seu preço não foi definido ainda.

Conceitos de Audi e BMW brilham no salão

Audi e BMW apostaram em protótipos no Salão de Los Angeles. O Vision i-Next é o laboratório sobre rodas da BMW, e antecipa tudo o que a montadora vai ter em seus modelos nos próximos anos. Sua versão final será o primeiro carro autônomo da montadora, e estará pronto em 2021.

Além disso, ele traz novas tecnologias elétricas que a BMW pretende introduzir em 25 carros até 2025. O i-Next traz ainda tecnologias de conectividade e inteligência artificial.

Da Audi, o e-Tron GT dará origem ao novo esportivo da marca, posicionado entre o TT e o R8. Além disso, guiará o estilo da nova geração de veículos da montadora.

Terceiro carro elétrico da Audi, o e-Tron GT está previsto para ter sua versão final lançada em 2020. Seus motores geram 590 cv de potência e, conforme informações da montadora, ele vai de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos.