Lincoln Continental 2019 abre as portas como no passado

Lincoln Continental 2019 abre as portas como no passado

Você deve lembrar daquela cena do filme Matrix há 20 anos, quando Neo e Trinity saem de um elegante sedã dos anos 60 com portas traseiras invertidas.

Sim, quem não queria fazer o mesmo, não é? Pois então, aquele era um Lincoln Continental 1965. Agora, a marca de luxo da Ford decidiu trazer essa configuração de volta e ela apareceu em um evento nos EUA.

Chamado Coach Door, o Lincoln Continental “a la 1965” apareceu numa suposta convenção de concessionários da marca em Las Vegas, onde a Ford decidiu apaziguar os ânimos dos revendedores com uma novidade interessante. Afinal, pairam sobre a Lincoln rumores estranhos sobre fim de sedãs e conversão do próprio Continental em SUV.

Lincoln Continental 2019 abre as portas como no passado

É mais ou menos como no super sentai Changeman, onde o Super Giluke decidiu transformar todo mundo em monstro espacial… Na Lincoln, porém, esses monstros parecem estar contidos com a revelação, que é uma afirmação de que a marca pelo menos será preservada da Ordem 66, de eliminação de quaisquer modelos que não sejam crossover, SUV, picape e esportivo, dada pela Ford nos EUA.

Com as portas de abertura invertida ou suicida, como são popularmente conhecidas, o Lincoln Continental terá a primazia de seguir um estilo que apenas marcas de ultra luxo inglesas apresentam ainda com regularidade. O sedã de luxo é muito importante para a imagem da marca, mesmo que não tenha vendas que sustentem sua permanência no mercado.

Isso também vale para a Ford, que está sendo muito criticada pelo purgo de modelos que está promovendo em casa, um território que sempre foi dominado por picapes e que nos últimos anos adotou o SUV como segunda opção, no lugar dos tradicionais sedãs. Com esse vazamento, que não deve ser de todo um prejuízo para a Lincoln, a marca não oficialmente diz o que tem de novidade para Detroit.

 

© Noticias Automotivas. A notícia Lincoln Continental 2019 abre as portas como no passado é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.