Símbolo da “nova” GM, Chevrolet Volt sai de cena nos EUA

Símbolo da "nova" GM, Chevrolet Volt sai de cena nos EUA

Ele foi o símbolo da restruturação da General Motors durante a crise econômica mundial de 2008, surgindo como solução para o futuro da “nova” GM. Ainda na primeira geração, o Chevrolet Volt custou muito para ser feito e mantido em produção, com relatórios dizendo que a montadora “pagava” por sua permanência no mercado.

O “elétrico” da Chevrolet – pois em dada situação, seu motor 1.4 movia as rodas – evoluiu para uma segunda geração e até ganhou um equivalente chinês, chamado Buick Velite 5. Mas, agora a GM está em novo processo de mudança, retirando carros pouco rentáveis de seu portfólio americano para focar em SUVs, picapes e carros elétricos.

Só que neste último caso, a proposta do Volt conflita com a do Bolt, que é 100% elétrico e na qual a empresa deposita seu futuro, pois o liftback com motor 1.5 não responde mais em termos comerciais e entra na lista de modelos que se despedem.

Na última terça (19), discretamente, a GM fez uma pequena cerimônia de despedida do último exemplar do Chevrolet Volt na fábrica de Hamtramck, em Detroit, que também encerrará sua carreira fabril nos próximos meses, junto com outras quatro plantas recentemente anunciadas pela montadora, inclusive uma no Canadá.

Símbolo da "nova" GM, Chevrolet Volt sai de cena nos EUA

Mais híbrido plug-in do que nunca, o Chevrolet Volt, antes e agora, apenas oferecia uma autonomia pequena, rodando no máximo 60 km com energia elétrica e nada mais. Com os consumidores considerando mais os elétricos neste momento, as vendas do modelo não passam de 20 mil carros por ano nos EUA, um volume baixo demais para sua produção custosa.

Mesmo com vendas tão baixas, muitos consideram que o Volt cumpriu seu papel na GM ao inserir clientes neste novo tipo de automóvel, a maioria dos quais se tornou fiel ao produto, gerando algumas manifestações contra a decisão da montadora de retira-lo do mercado.

Mas, além do Volt, a GM também assinou o óbito do Buick Lacrosse e, de acordo com um relatório, teria estendido a vida dos modelos Chevrolet Impala e Cadillac CT6 por mais alguns meses, mas não devem passar do início de 2020. Entretanto, muitos ainda confiam que o luxuoso (CT6) deve continuar em outra planta, já que não estava programado para sair.

© Noticias Automotivas. A notícia Símbolo da “nova” GM, Chevrolet Volt sai de cena nos EUA é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.