Toyota entrega nova picape Tundra para enfermeiro americano

tundra

Nas últimas semanas, o estado americano da Califórnia foi tomado por vários incêndios que deixaram destruição e feridos. No meio dessa tragédia, a história do enfermeiro Allyn Pierce, dono de uma Toyota Tundra, se destacou.

Ele atravessou incêndios com a picape para poder chegar ao hospital em que trabalha e ajudar a cuidar dos feridos que chegavam. O resultado é que ele chegou são e salvo para cumprir com sua tarefa, mas a picape ficou bastante danificada.

Depois de publicar imagens no instagram, agradecendo por a picape ter resistido, apesar dos estragos, a Toyota anunciou que daria uma nova ao enfermeiro. E a marca japonesa cumpriu com o combinado.

Se a nova picape não tem todos os acessórios que a antiga tinha, incluindo rodas diferenciadas, um suporte para pranchas de surf sobre a caçamba, ainda assim é da mesma versão de topo, a TRD Pro.

Essa variante é a com estilo mais esportivo graças a ausência de cromados e itens como faróis de LEDs com proteção. Além disso, tem suspensão preparada, com amortecedores esportivos Fox e rodas de alumínio forjado BBS de 18 polegadas.

O motor é um V8 de 5,7 litros que rende 385 cv a 5.600 rpm e 55,4 mkgf a 3.600 rpm. A transmissão é automática de seis velocidades. E a tração, traseira, com possibilidade de ligar o 4×4 se necessário.

No Brasil, a única picape vendida pela Toyota é a Hilux. Ela parte de R$ 111.990 na versão mais barata. É oferecida nas variantes cabine simples ou dupla. Os motores são o 2.7 flexível de 163 cv ou o 2.8 turbodiesel de 177 cv.

Se nos Estados Unidos as picapes grandes fazem sucesso e dominam o mercado, no Brasil elas são raridade. O único modelo vendido oficialmente por aqui é a Ram 2500, do grupo Fiat-Chrysler por R$ 264.990.

Ela é oferecida na versão Laramie com cabine dupla. Seu motor é um turbodiesel seis cilindros em linha de 6,7 litros. Ele rende 330 cv e 104 mkgf. O câmbio é automático de seis marchas.

Veja imagens da linha 2019 da Toyota Hilux: