Itália: 67% dos clientes querem elétricos


País dará destaque aos modelos durante o Salão do Automóvel de Bolonha.

Giovanna Riato, AB

Pesquisa encomendada pela revista de economia Espansione e realizada pelo Interactive Market Research aponta que 67% dos italianos gostariam de comprar um carro elétrico.

O estudo, intitulado ‘As opiniões e atitudes em relação ao carro elétrico’, revelou ainda que as características mais associadas aos modelos são tecnologia limpa, baixo ruído e inovação. Os entrevistados avaliaram que o avanço dos elétricos é possível e a tecnologia dos carros é fascinante.

Os italianos foram questionados também sobre a maneira mais adequada para recarregar os veículos. Entre as 1.000 pessoas que responderam ao questionário, 49% delas disseram preferir que os estacionamentos das cidades disponibilizem estações de recarga, 30% dos participantes gostariam de abastecer o carro enquanto faz compras no supermercado e 20% das pessoas apontaram que o estacionamento do local de trabalho seria ideal para abrigar estações de recarga.

Salão de Bolonha

O interesse dos clientes nos veículos elétricos motivou a organização do Salão do Automóvel de Bolonha, que acontece entre 4 e 12 de dezembro no país, a criar um espaço exclusivo para os modelos. O evento contará pela primeira vez com a Cidade Elétrica, um pavilhão dedicado ao tema que reunirá montadoras, fornecedores, prestadores de serviço e órgãos públicos.

O espaço terá modelos para test drive além de diferentes versões e possibilidades para estações de recargas. A intenção é promover um debate não só sobre os veículos, mas também sobre a infraestrutura que deve acompanhar o avanço dos elétricos.

Fonte: Automotive Business