Japão: indústria de autos para após abalo

                                             Desastre natural afetou fábricas da Toyota e Honda e causou incêndio em duas unidades da Nissan

Márcio Murta

Após o Japão sofrer um abalo sísmico de magnitude 8.9 na escala Richter, seguido de um tsunami, nesta sexta-feira (11), a Toyota, Nissan e Honda anunciaram que suspenderão suas atividades temporariamente no país, revelou o informativo Automotive News. De acordo com a notícia, a interrupção na linha de produção das empresas poderá afetar a exportação de veículos como o Honda Fit, Accord sedã, CR-V, Toyota Yaris sedã, além dos modelos Scion CB e XD. Os tremores também abalaram estruturas da divisão de luxo da Honda, Acura, e da Infinity, pertencente à Toyota.

Segundo a notícia, ainda não há confirmação do número total de vítimas das empresas em decorrência do terremoto e tsunami, mas é informado que ao menos um operário faleceu em uma das unidades da Honda, e que duas fábricas da Nissan foram incendiadas. Fábricas de fornecedores de materiais para a indústria automotiva local (situadas no nordeste do país) também foram danificadas. O incidente ocorreu às 2h46 da tarde no horário do Japão.
Fonte: Carro Online