Jeep também teve de entrar na onda elétrica

Gazeta Mercantil / InvestNews | 15/10/2008 – 11h24

A Divisão Jeep, da Chrysler LLC, também foi incluída na decisão anunciada em setembro, nos EUA, de inserir a companhia em um novo programa de veículos elétricos de autonomia estendida. O escolhido foi o Wrangler por sua proximidade de interação com a natureza, explicou a empresa.

Entre dois e três anos, o carro receberá motor elétrico de 200 kW (268 cv) e torque excelente de 41 kgf.m, com autonomia de 60 km, só usando a energia armazenada em uma bateria de íon de lítio. Um pequeno motor a combustão recarregará automaticamente a bateria, aumentando a autonomia para 600 km e consumindo apenas 30 litros de gasolina.

Também se desenvolverá versão 4×4 por meio de pequenos motores elétricos, um para cada roda. O torque muito elevado e instantâneo do motor permite controle preciso e independente, o que resulta em capacidade fora-de-estrada típica de um Jeep, sem comprometer a utilização em piso asfaltado.

Fonte: Webtranspo