Juros do cheque especial atingem o maior nível desde 2003

Do Diário OnLine

A taxa média de juros cobrada pelos bancos nas operações de cheque especial para pessoas físicas atingiu o índice de 174,08% em novembro, o que representa o maior valor desde junho de 2003, conforme dados divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira.

No geral, os juros cobrados do consumidor subiram quatro pontos no mês, de 54,9% ao ano para 58,7%, atingindo o maior nível desde março de 2006.

Em sentido inverso, o custo médio dos empréstimos para pessoas jurídicas diminuiu 0,4 ponto percentual, atingindo 31,2% ao ano.

A inadimplência (operações de crédito com atrasos superiores a noventa dias) registrou estabilidade no mês. O nível de inadimplência do segmento de pessoas jurídicas permaneceu no patamar de 1,7%, enquanto nas operações com pessoas físicas observou-se aumento 0,2 ponto percentual, alcançando 7,8% do estoque de crédito.

Fonte: Diário do Grande ABC