Kawasaki mostra Z 400 no Salão de Milão

    Z 400

    Como era esperado, a Kawasaki mostrou a nova Z 400 no Salão de Milão. Ela é construída sobre a mesma base da Ninja 400, lançada no Brasil neste ano. A Z 400 vai substituir a Z 300.

    O motor é o mesmo bicilíndrico com arrefecimento líquido já usado na versão esportiva. Tem 399 cm³ de capacidade e 45 cv de potência a 10.000 rpm. Mais potente – 6 cv a mais – que a antiga versão de 300cc, a nova Z 400 pesa 3 kg a menos.

    A ciclística também é a mesma, com quadro tubular, garfo telescópico convencional, na dianteira, e monoamortecedor, na traseira. O freio é a disco em ambas as rodas de liga-leve e 17 polegadas. O tanque tem capacidade para 14 litros.

    Z 400 segue desenho da família

    Esteticamente, a Z 400 segue o design das nakeds da família Z, com linhas angulosas, e um farol de LED. O painel é o mesmo utilizado na Z 650, com uma tela digital ao centro e um conta-giros analógico em volta.

    Caso a Kawasaki mantenha a mesma estratégia dos últimos anos, a nova Z 400 certamente irá para o Brasil, já no próximo ano.