Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS

Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS

O Cadillac CT5 surge em Nova Iorque após revelação anterior com uma proposta bem mais ousada do que se poderia esperar da marca de luxo americana. Com carroceria de inspiração fastback, o sedã premium da General Motors quer substituir os modelos ATS e CTS ao mesmo tempo.

O motivo é óbvio, visto que o mercado americano está eclipsando outras categorias de automóveis em prol de crossovers e SUVs. Assim, a tendência será reduzir a gama de sedãs, mesmo no segmento de luxo, trazendo mais utilitários esportivos. Na Cadillac, o CT5 foi classificado de modo um tanto estranho.

Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS

A marca de luxo, sediada novamente em Detroit, classifica o CT5 como um sedã compacto (no padrão de tamanho americano similar ao médio no Brasil), porém, a novidade é bem grande, medindo 4,924 m de comprimento, 1,883 m de largura, 1,452 m de altura e 2,947 m de entre eixos. Ou seja, ele é em realidade um sedã grande.

O porte é o mesmo dos Audi A6, BMW Série 5 e Mercedes-Benz Classe E, mas aparentemente a Cadillac pode reposiciona-lo numa faixa de preço menor, talvez próxima dos segmento de sedãs compactos, onde estão os A4, Série 3 e Classe C. Assim, ela pode vender um produto do tamanho do CTS com preço de ATS.

Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS

O Cadillac CT5 é feito sobre a plataforma Alpha e tem tração traseira nativa, com transmissão automática de 10 marchas, a mesma usada em vários carros de GM e Ford. No mercado americano, ele chegará com motores 2.0 Turbo de 240 cavalos e 35,7 kgfm ou V6 3.0 Biturbo com 340 cavalos e 55 kgfm. A tração AWD é opcional.

O Cadillac CT5 tem desenho bem agressivo com faróis compactos full LED e barras de LED verticais até a base do para-choque na frente, chamando atenção. No entanto, não mais do que a queda suave do teto na traseira, onde as colunas C despejam a vigia quase sobre a totalidade do porta-malas, que tem tampa bem curta e com defletor de ar.

Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS

As lanternas em LED verticais mantêm o estilo da Cadillac, enquanto as laterais são marcadas por um friso cromado com corte abrupto nas colunas C. Por dentro, o CT5 não seguiu o modismo de cluster digital, tendo mostradores analógicos principais e um display central multifuncional.

Também chama atenção a alavanca de câmbio estilo joystick. Já a tela da multimídia tem 10 polegadas. O acabamento tem muito couro e revestimentos em madeira ou fibra de carbono. O volante vem com paddle shifts em magnésio, enquanto o sistema de som é de alta definição. O Cadillac CT5 tem a condução semiautônoma Super Cruise com guiagem laser LiDAR e GPS.

Cadillac CT5 2020 – Galeria de fotos

Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS
Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS

© Noticias Automotivas. A notícia Cadillac CT5 surge em Nova Iorque como substituto de ATS e CTS é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.