Land Rover cresce enquanto aguarda fase de transição

Marli Olmos escreve no jornal Valor de 18 de fevereiro que, um ano após a venda das marcas Land Rover e Jaguar pela Ford para a empresa indiana Tata, o processo de transferência das operações ainda está em transição. No Brasil, o diretor de vendas da Land Rover, Luiz Tambor, espera que todo o processo esteja concluído até abril.

Legalmente, a Land Rover, uma marca inglesa, ainda pertence à Ford. Por isso, toda a operação de importação dos veículos ainda é feita pela montadora americana. No Brasil, os veículos da marca entram hoje pelo porto de Salvador, usado pela Ford para seus próprios produtos. Assim que a marca passar para a Tata, a importação brasileira será feita por Santos (SP). Um despachante aduaneiro será responsável tanto por Land Rover quanto por Jaguar.

Com cinco famílias só de utilitários esportivos, a Land Rover registrou em 2008 no país um crescimento de vendas de 40% em comparação com 2007, ano em que a marca já havia conseguido um avanço de 58%. A marca mantém a previsão de repetir este ano o crescimento de 40%, atingindo volume próximo de 4,5 mil veículos.
Fonte: Automotive Business