Linha Mini passa por pequena reestilização


por ALBERTO POLO JÚNIOR

O Mini acaba de passar por uma pequena reestilização. Toda gama do compacto – Hatch, Cabrio, a perua Clubman e o esportivo John Cooper Works – ganhou retoques nos para-choques e conjunto ótico, bem como novos equipamentos no interior. A gama de motores também passou por mudanças e agora tem um novo turbodiesel.

As maiores mudanças do Mini estão nos para-choques

Os para-choques do Mini foram redesenhados e exibem nova tomada de ar na dianteira e uma moldura com luzes auxiliares na traseira. Os faróis têm arranjo interno novo e as lanternas também ganharam mudanças, além de LEDs no lugar de lâmpadas. Há novas opções de rodas para todos os modelos.

O interior recebeu novos revestimentos e acabamentos. Os comandos dos sistemas de áudio e navegação foram revistos e ficaram mais fáceis de operar. Entre os equipamentos, a novidades fica para o sistema de entretenimento, que agora permite conectar-se ao Google, Twitter e Facebook usando o navegador do veículo.

A gama de motores inclui um novo turbodiesel, com potências de 90 ou 112 cv (cavalos). O principal destaque deste propulsor é a frugalidade. Seu consumo médio é de notáveis 26,3 km/l e as emissões de dióxido de carbono (CO2) atingem 99 gramas por quilômetro.

Fonte: Interpress Motor