Locadoras projetam crescimento sustentável


A idade média da frota de automóveis das locadoras é de 16,5 meses. Hoje, elas possuem 363 mil carros e compram cerca de 10% da produção automotiva do Brasil. Mas, segundo a ABLA, associação das empresas do setor, a perspectiva é ampliar essa frota.

“Vamos comprar mais automóveis e vender menos, quando for necessário fazer a renovação da frota”, explicou o presidente do conselho nacional da entidade, Paulo Gaba Júnior. Para ele, a Copa do Mundo em 2014 será um evento apenas pontual — as locadoras de automóveis trabalham com vistas ao crescimento sustentável, durante toda a década.

“O avanço acontecerá com base no turismo de lazer e negócios, mas também na terceirização de frotas, que já responde por 52% dos negócios das locadoras”, enfatiza Gaba Júnior, destacando como fatores para o crescimento a evolução da economia, a profissionalização do setor, recuperação dos valores médios das tarifas, aumento do número de usuários, a descoberta do serviço pelo público jovem e mulheres e maior volume de terceirização.

LOCAÇÃO EM 2009

Faturamento
R$ 4,37 bilhões (mais 9,5% em relação a 2008)

Frota
363.456 veículos, mais 14,1% em relação a 2008.

Participação nas vendas do setor automotivo
9,02%

Idade Média da Frota
16,5 meses

Composição da frota
Populares 66%
Médios 14%
Luxo 6%
Utilitários e vans 14%

Empregos no setor
240.644

Perfil do negócio
Terceirização 52%
Turismo lazer 22%
Turismo negócios 26%

Número de locadoras
1.955 (1.893 em 2008)

Fonte: Automotive Business