Lucro líquido da VW cresceu 4.017% no terceiro trimestre

Priscila Dal Poggetto
Do Diário do Grande ABC

A reestruturação de custos e o aquecimento global do mercado de automóveis renderam ao consórcio automotivo Volkswagen aumento do lucro líquido de 4.017% no terceiro trimestre. No período, a Volks contabilizou 947 milhões de euros (US$ 1,35 bilhão), contra os 23 milhões de euros registrados em 2006.

A Volkswagen afirmou, em relatório divulgado sexta-feira, que os países que mais se destacaram nas vendas foram China, Brasil e Europa Oriental.

No acumulado dos nove meses do ano, o lucro líquido chegou a 2,906 bilhões de euros (US$ 4,17 bilhões), incremento de 140,4% sobre os 1,209 bilhão de euros somados no acumulado do ano passado.

O faturamento subiu 5,1% de janeiro a setembro em comparação com o mesmo período de 2006. O volume chega a 80,958 bilhões de euros (US$ 116,175 bilhões).

Aquecimento – A cifras resultam das vendas mundiais de 4,6 milhões de unidades – aumento de 8,2% até setembro. A China comercializou entre janeiro e setembro 684.795 veículos, crescimento de 30,2%. No atacado, o Brasil vendeu 411.870 unidades (32,2%), o que inclui a divisão de caminhões e a Audi.

Ao considerar somente as vendas da divisão brasileira de automóveis, foram 380.543 unidades vendidas de carros e comerciais leves, crescimento de 32%, segundo dados do Renavam. O destaque é para as vendas do modelo popular Gol (171.064 unidades).

Previsão – De acordo com a montadora, a forte demanda global por carros fará com que a empresa venda neste ano mais de 6 milhões de veículos no mundo. A Volks ressaltou que o lucro antes de impostos ao final de 2007 será de, no mínimo, 5,1 bilhões de euros.

Fonte: Diário do Grande ABC