Mais financiamentos das empresas

SONIA MORAES
SÃO PAULO

As montadoras estão utilizando seus bancos e financeiras como forma de garantir o financiamento dos seus veículos. No caso da General Motors do Brasil, o Banco GM aumentou de 20% para 25% a participação nas vendas de veículos da marca.
A montadora oferece atualmente taxa de juros de 0,99% ao mês e prazo de financiamento de até 48 meses. “Mas somente um banco não pode garantir o financiamento de todas as vendas.
É preciso ter a participação de mais bancos”, disse o presidente da GM do Brasil e Mercosul, Jaime Ardila.

Banco próprio

Já a Renault do Brasil decidiu aumentar a participação do seu banco nas vendas totais da empresa no Brasil. “Nossa financeira tinha 15% de participação nas vendas de carros da marca. Agora tem 30%”, disse o presidente da Renault do Brasil e do Mercosul, Jérôme Stoll.

A outra montadora francesa no Brasil, a Peugeot do Brasil também está recorrendo ao seu banco próprio para manter as vendas dos seus veículos, com a restrição do crédito no mercado brasileiro. “De 30% aumentamos
a participação da nossa financeira para 40% e estamos oferecendo taxa atrativa de financiamento com 0,49% de juros para contratos de até 24 meses”, disse o presidente da Peugeot

Fonte: Gazeta Mercantil