Mercado aquecido para oficinas em São Paulo


Pesquisa realizada pelo Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo em cinquenta oficinas da cidade de São Paulo revela que 54% motoristas só levam os veículos para revisão depois de reprovação na inspeção ambiental veicular. Outros 22% dos entrevistas disseram que fazem a revisão antes e 24% afirmaram que vão ao mecânico de confiança antes e depois da inspeção.

Entre os principais serviços executados em veículos de passeio visando às inspeções são estão o motor e seus componentes, junto com sistema de escapamento, suspensão, freios e direção. Verificação da sonda lambada, catalisadores, regulagens e troca de filtros estão entre as opções.

A pesquisa identificou que a ampliação da inspeção ambiental veicular para toda a frota de São Paulo provocou aumento do movimento nas oficinas pesquisadas em 36% na zona leste, 30% no centro e região sul e 21% na parte oeste da cidade.

O Sindirepa-SP criou programa para orientar as oficinas na adoção de serviços e equipamentos necessários nas fases anteriores e posteriores à inspeção e fez parceria com empresas especializadas em produtos e equipamentos – como Alfatest, Bosch, Napro, Mastra, Snap-on e Tecnomotor.

Mais em www.sindirepa-sp.org.br.

Fonte: Automotive Business