Mercado de caminhões e ônibus deve crescer 40%

                                             Expectativa foi apresentada em evento da ACAV.

Redação AB

O segmento de caminhões e ônibus registrará crescimento nas vendas de 40% em 2010, chegando a 190 mil unidades. Essa expectativa foi apresentada pelo economista Ricardo Amorim, palestrante nos encontros da ACAV — Associação Brasileira dos Distribuidores Volkswagen Caminhões e Ônibus.

O número reflete os cenários favoráveis da economia brasileira. “Além da previsão positiva para este ano, 2011 terá crescimento ao redor de 10%. Em minha opinião, essa será a melhor década para a venda de caminhões e ônibus. O momento de se preparar para aproveitar as oportunidades é agora”, explica o economista.

Amorim enfatiza a expansão do agronegócio brasileiro como oportunidade para a comercialização de caminhões. O crescimento deste setor é atribuído ao aumento do consumo de alimentos, gerado pela elevação de renda da classe C no País. Além disso, o Brasil está exportando alimentos para países da Ásia, principalmente para China e Índia.

Outros setores da economia que necessitam de caminhões são o da construção civil, de metais, minerais e petróleo. Já as vendas de ônibus devem ser beneficiadas com o aumento do turismo no Brasil, favorecido pela visibilidade do País com as realizações da Copa do Mundo em 2014 e das Olimpíadas de 2016.

Fonte: Automotive Business