Mercedes começa a entregar Classe B a hidrogênio


da Redação

A Mercedes-Benz começa a entregar as primeiras unidades da Classe B F-Cell no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. O modelo é movido a célula de combustível, que transforma o hidrogênio em energia elétrica por meio de eletrólise inversa. O que sobra do processo é somente água.

A primeira unidade foi entregue a Vance Van Petten, diretor do Sindicato dos Produtores de Televisão e Cinema dos EUA. O executivo adquiriu o veículo por meio de leasing e, junto com os demais Classe B F-Cell vendidos, vai fornecer dados para o Departamento de Energia norte-americano (DOE).

A energia elétrica gerada pela célula de combustível alimenta um motor elétrico de 134 cv (cavalos) de potência, 32,7 kgfm de torque máximo e é armazenada em baterias de íons de lítio. A autonomia total é de 400 quilômetros e há uma “reserva” por 12 km quando o hidrogênio contido nos tanques chega ao fim.

Fonte: Interpress Motos