Montadoras têm melhor janeiro,apesar de tombo em vendas


SÃO PAULO (Reuters) – A indústria de veículos do Brasil sofreu um tombo de 35,8 por cento nas vendas de janeiro sobre o recorde de dezembro, mas o desempenho foi o melhor já registrado para o mês, segundo dados da associação de montadoras, Anfavea.

Na comparação com janeiro de 2010, porém, as vendas de 244,9 mil veículos –automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões– no mês passado foram 14,8 por cento maiores.

A produção somou 261,8 mil veículos no primeiro mês do ano, recuo de 9,1 por cento na comparação com dezembro, mas alta de 6,4 por cento em relação ao produzido um ano antes.

As exportações apuraram diminuição de 20,1 por cento na comparação mensal, somando 649,8 milhões de dólares em janeiro. Em relação ao mesmo mês de 2010, houve ligeira queda de 0,1 por cento. O volume de veículos exportados somou 53,607 mil unidades, considerando veículos leves, caminhões e ônibus, 10,7 por cento a mais que em janeiro do ano passado.

A Volkswagen liderou as vendas de automóveis e comerciais leves em janeiro, registrando licenciamento de 54,792 mil unidades, queda de 25,9 por cento sobre dezembro.

A montadora alemã superou o desempenho da Fiat, que apurou vendas de 46,726 mil veículos, 41,2 por cento abaixo do mês anterior. Enquanto isso, a GM teve vendas 42,1 por cento menores, a 41,143 mil unidades. A Ford vem em seguida, com 22,955 mil veículos licenciados, queda de 36,4 por cento sobre dezembro.

Considerando apenas caminhões pesados, a produção em janeiro foi de 4,257 mil unidades, 7,9 por cento abaixo do produzido em dezembro, enquanto as vendas foram de 3,141 mil unidades, 50,2 por cento menos que no mês anterior.

A Mercedes-Benz vendeu 1,035 mil caminhões pesados, ante 1,431 mil em dezembro. Scania comercializou 611 depois de 1,779 mil no mês anterior e a Volvo, 638 após 1,564 mil em dezembro.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Fonte: G1 Globo Online