Motorista francês terá bafômetro no porta-luvas


Governo local pretende incentivar os motoristas a fazerem o teste por conta própria antes de dirigir

Autor: da Redação, com agências internacionais/Foto: Divulgação

Para diminuir o número de acidentes por embriagues, a partir de 1º de julho, a França obrigará todos os veículos com mais de 50cc (portanto, motos e carros) a contarem com um kit bafômetro (químico ou eletrônico) no porta-luvas.

Assim, o governo francês pretende incentivar os condutores a fazerem o teste por conta própria antes de dirigir. No país, o limite aceito é de 0,5 g de álcool por litro de sangue. Para efeito de comparação, no Brasil, a regra é mais rígida, sendo aceito apenas 0,2 g de álcool por litro de sangue.

Balanço da Lei Seca

Segundo informações do Governo do Estado de São Paulo, quatro anos após a entrada em vigor da Lei Seca em todo o país, quase 5 mil motoristas foram presos por dirigir embriagados na cidade de São Paulo. De acordo com balanço divulgado pela Polícia Militar, houve 4.803 prisões de junho de 2008 a junho de 2012.

Neste ano, até o dia 18 de junho, 1.041 pessoas foram presas em flagrante na capital. Nos primeiros meses de 2012, 108.884 motoristas foram submetidos ao teste do etilômetro na cidade. Desses, 6.077 pessoas foram autuadas pelo artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Pela lei, dirigir sob a influência de álcool, em nível superior a seis decigramas por litro de sangue, é infração gravíssima e acarreta em multa, suspensão do direito de dirigir e retenção do veículo.

Em 2011, a PM realizou o teste do bafômetro em 221.079 pessoas; 4.707 foram autuadas por dirigirem alcoolizadas e 1.824 foram presas. O balanço de 2010 aponta 156.266 pessoas fiscalizadas, 4.258 autuadas e 879 indivíduos presos. Um ano antes, em 2009, dos 105.938 motoristas que fizeram o teste do bafômetro, 4.273 foram autuadas e 800 acabaram presas. No primeiro ano da lei, que entrou em vigor dia 19 de junho de 2008, a operação fiscalizou 39.038 pessoas, autuou 1.381 e prendeu 259.

Fonte: Carsale