Nissan confirma venda oficial do GT-R no Brasil para 2016

 Preços e pacotes de equipamentos serão anunciados em breve. Cupê de 552 cv deve ter preço inicial perto de R$ 1 milhão
Por Alessandro Reis
A Nissan anunciou durante o Salão de Tóquio, que abriu as portas hoje 30 ao público, que vai comercializar oficialmente no Brasil o esportivo GT-R, a partir de 2016. A notícia foi dada por José Luis Valls, presidente executivo da montadora para a América Latina.
A empresa informa que vai divulgar “em breve” informações sobre os preços e os pacotes de equipamentos que serão oferecidos no mercado brasileiro, indicando que a chegada do GT-R vai acontecer já no primeiro semestre do ano que vem. O valor inicial deve ficar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, a depender da taxa de câmbio quando as primeiras unidades começarem a ser importadas do Japão.
Versão Nismo, com 600 cv, também pode vir para o país
Seguramente virá a versão “básica” do cupê, que rende 553 cv de potência e 64 kgfm de torque, extraídos do motor V6 3.8 biturbo. Também deve chega a configuração Nismo, preparada pela divisão de alta performance da Nissan, que entrega 600 cv e 66,5 kgfm graças à preparação no mesmo propulsor.
Montado na fábrica da Nissan localizada em Tochigi, o GT-R tem o motor produzido de forma artesanal na planta de Yokohama, em uma sala “lacrada” para evitar a entrada de poeira. Cada unidade do propulsor, após concluída, recebe uma placa com o nome do engenheiro responsável.
O esportivo conta com uma plataforma base estrutural exclusiva, trazendo carroceria monobloco, tração integral e suspensão independente nas quatro rodas. A transmissão e caixa de transferência da tração nas quatro rodas ficam instaladas na traseira do veículo para melhor distribuição do peso.
O GT-R é, segundo a Nissan, o esportivo de produção em série detentor da volta mais rápida no circuito alemão de Nürburgring, completada em 7,08 minutos em 2013.
Fonte: Auto Estrada