Nissan obtém três recordes nos Estados Unidos


Operação local teve grande ano em vendas, produção e exportação

REDAÇÃO AB

Nissan do Brasil traz Altima de
Smyrna, Tennessee

A Nissan comemora os melhores resultados obtidos nos Estados Unidos
desde que vendeu seu primeiro automóvel naquele país, em 1958. A montadora
obteve recordes em vendas 1.386.895 unidades, produção 947.558 e exportação
129.761 em 2014. Os números foram divulgados durante o Salão de Washington.

Mais de 1 milhão de veículos Nissan foram vendidos nos Estados Unidos pela
primeira vez, com crescimento de 11,1% em relação ao ano anterior. As vendas
externas aumentaram 29% e a Nissan exportou dos Estados Unidos o milionésimo
veículo, que saiu de Smyrna, no Tennessee, para a Coreia do Sul. A unidade foi
a que mais montou veículos Nissan na América do Norte, quase 650 mil unidades.
A produção total da Nissan nos EUA cresceu 20%.

O investimento nas operações na América do Norte passou dos US$ 10 bilhões.
Trinta e um anos após o início da produção dos Estados Unidos, a empresa já
fabricou localmente 13,7 milhões de veículos, 7,6 milhões de motores e 57 mil
baterias de íons de lítio.

Atualmente, as duas fábricas de veículos Nissan dos Estados Unidos são capazes
de produzir 1,14 milhão de unidades. Já as duas plantas de motores podem fazer
1,6 milhão de motores, 1,4 milhão de peças forjadas e 456 mil peças fundidas
por ano.
23
“O grupo Nissan vende mais veículos nos Estados Unidos do em que qualquer
outro país e temos o objetivo de crescer nossa participação no mercado
norte-americano de 8,4% em 2014 para 10% em um futuro próximo”, afirma o
vice-presidente de manufatura, compras e cadeia de fornecedores, John Martin.

Os Estados Unidos exportam modelos Nissan para 68 mercados, entre eles Coreia,
Rússia e México, Canadá, Japão, Coreia e Brasil o sedã Altima vem de Smyrna.

Fonte: Automotive Business