No semestre Kia vendeu mais que em 2009


No início de agosto a Kia Motors do Brasil vai apresentar formalmente as linhas de montagem do Bongo, nas instalações da Nordex em Montevidéu, no Uruguai. O caminhão leve é mais uma aposta da marca para crescer no mercado brasileiro, aproveitando os benefícios tarifários da integração no Mercosul.

A importadora é a décima-primeira colocada no ranking de vendas de autos no País, segundo a Fenabrave, com 12.798 unidades (1,08% do segmento). A posição é melhor entre os comerciais leves, com 10.037 unidades e o oitavo lugar (3,27%).

A Kia revela também que na sexta-feira, 9 de julho, alcançou 24.251 veículos emplacados no acumulado deste ano. Com a marca a importadora ultrapassa o total de emplacamentos de 2009, quando a empresa registrou 24.145 unidades.

José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil, pretende superar 50 mil unidades este ano, contando com um segundo semestre aquecido e o lançamento do Koup, novo Sportage, Cadenza, Soul flex e Cerato hatch. Ele diz já ter atingido o objetivo principal do ano, que é chegar a 1,82% de participação no mercado – um número acima dos divulgados pela Fenabrave, que registra 1,61% para junho e de 1,53% no semestre passado.

O presidente da Kia Motors do Brasil destaca que a marca obteve 173,8% de crescimento nas vendas nos últimos 6 meses (e novo dias) – o melhor entre os primeiros quinze players do setor. A Kia deixa para trás a Nissan e a Mitsubishi nas vendas de autos e comerciais leves.

Do total de 24.251 veículos emplacados, 5.880 unidades foram do modelo Sportage, 5.590 do Cerato, 3.658 do Soul, 3.398 do Bongo, 3.240 do Picanto, 1.114 do Sorento, 437 Mohave, 421 Magentis, 384 Carens, 114 Carnival, 14 Opirus e 1 Sephia.

Fonte: Automotive Business