Aston Martin pode ser comprada por bilionário dono de equipe de F1

Aston Martin pode ser comprada por bilionário dono de equipe de F1

Fonte / Notícias Automotivas

Lawrence Stroll é um bilionário canadense e dono da equipe de Fórmula 1 Racing Point F1. Ele agora virou manchete nos jornais econômicos e na imprensa automotiva. O motivo não é a categoria de automobilismo mais famosa do mundo, mas um fabricante inglês, a Aston Martin.

De acordo com um relatório da revista inglesa Autocar, Stroll formou um consórcio para assumir o controle acionário da Aston Martin, sediada em Gaydon, Inglaterra. O bilionário teria utilizado conexões da Fórmula 1 e inclusive seu filho, o piloto Lance Stroll para se aproximar da marca britânica e assim lançar uma oferta de compra da empresa.

Com as ações da Aston Martin mais baratas, o consórcio de Stroll teria mais facilidade em comprar a montadora, mas só a notícia de que essa operação pode vir a ocorrer, elevou a cotação dos papéis da marca inglesa em 17% na Bolsa de Londres.

Aston Martin pode ser comprada por bilionário dono de equipe de F1

Para a Aston Martin, a investida de Stroll pode ser a salvação, visto que a empresa acumula prejuízo de £ 13,5 milhões no último trimestre. Ainda assim, o bilionário e a própria marca acreditam que as vendas subirão muito nos próximos anos devido à chegada do SUV de alta performance DBX.

A Aston Martin projeta vendas de 14.000 unidades ao ano a partir de 2023. Atualmente, a empresa tem 36% de seu capital com um consórcio dos Emirados Árabes Unidos, 31% nas mãos da italiana Investindustrial e 4% com a Daimler, que fornece motores para a inglesa através da AMG.

Stroll é conhecido por ter entrado na Fórmula 1 através da Williams com uma vaga para seu filho Lance. No ano seguinte, o bilionário – dono de uma grande coleção de Ferraris – comprou a equipe Force India e a rebatizou de Racing Point. na mesma categoria, a Aston Martin participa com a Red Bull. Acredita-se que Stroll esteja interessado em introduzir de vez a marca inglesa como equipe de F-1.