Futuro Mini Cooper elétrico mostra que pode rebocar um Boeing 777

A Mini resolveu mostrar que o futuro Cooper S E (elétrico) tem força de sobra. Para isso, foi ao aeroporto de Frankfurt (Alemanha) e, em parceria com a Lufthansa, colocou uma unidade do modelo para rebocar um Boeing 777, cujo peso no momento da proeza é estimado em 150 toneladas.

O Cooper S E, que se baseia no Cooper de três portas e usará o trem-de-força do BMW i3, está em fase final de testes e deve ser fabricado a partir de novembro na unidade de Oxford, Inglaterra. As vendas devem começar na Europa em 2020. Será o primeiro modelo 100% elétrico da marca britânica, controlada pela BMW.

Um detalhe interessante: para puxar o Boeing, o Cooper S E pôde usar seu torque máximo desde o primeiro toque no acelerador, característica exclusiva dos motores elétricos. O carrinho certamente teria mais trabalho na pista de Frankfurt se fosse movido a combustão.

A autonomia com uma carga de bateria prevista para o Cooper S E é a mesma do i3: 184 km.

Imagem e vídeo: divulgação

O post Futuro Mini Cooper elétrico mostra que pode rebocar um Boeing 777 apareceu primeiro em Carsale.