Texas: Tesla confirma fábrica de US$ 1 bilhão para fazer Cybertruck

Texas: Tesla confirma fábrica de US$ 1 bilhão para fazer Cybertruck

Fonte / Noticias Automotivas

Confirmado! Austin, a capital do Texas, ficará com a fábrica da Tesla. A Gigafactory que será construída no local custará nada menos que US$ 1 bilhão e produzirá a exótica Cybertruck.

Maior consumidor de picapes dos EUA, o Texas é um estado bem tradicionalista no país e já até tentou impedir a venda de carros da marca de Elon Musk, devido à questão da obrigatoriedade de comercialização através de revendedores.

Texas: Tesla confirma fábrica de US$ 1 bilhão para fazer Cybertruck

Anunciado pelo governador Greg Abbott, o empreendimento ocupará uma área de 2.000 acres no condado de Travis, onde fica a capital do Texas, porém, ficará em uma área afastada da cidade, onde deverá gerar 5.000 empregos diretos.

Texas: Tesla confirma fábrica de US$ 1 bilhão para fazer Cybertruck

Com milhões de dólares em incentivos (US$ 14,7 milhões do Condado de Travis e outros US$ 50 milhões do estado), o Texas já era esperado para levar a fábrica, que deverá produzir também o Model Y, conforme Musk já havia mencionado.

Estima-se que a produção local da Tesla vai gerar uma receita de US$ 6 bilhões na região. O empreendimento permitirá que a Tesla consiga expandir o volume fabril americano para atender a demanda crescente, especialmente pelo Model Y.

A Cybertruck é outra que também tem grande quantidade de pedidos. Contudo, ainda não se sabe o quanto do total será de fato convertido em compra, visto que a reserva é de apenas US$ 100, reembolsáveis.

Texas: Tesla confirma fábrica de US$ 1 bilhão para fazer Cybertruck

Além disso, a pandemia de coronavírus derrubou as entregas da Tesla, que no período de três meses de fechamento da fábrica, a produção dos modelos Model S e X caiu 59%, tendo apenas 6.236 exemplares entregues aos clientes.

Já o Model 3 teve 13% de queda nos volumes distribuídos, com 75.946 unidades. O Model Y caiu 5%. Contudo, no último trimestre, a marca americana conseguiu até melhorar o desempenho com crescimento de 3% em relação ao primeiro período. Atualmente, a Tesla está com 17 dias de vendas em estoque, o que é um nível muito baixo para a marca americana.