Nova Ranger chega em 2012


Braço da Ford na Austrália preparou a nova geração da picape

Daniel Messeder

Ford do Brasil prepara o novo EcoSport, enquanto os australianos criaram a nova Ranger
Enquanto o Brasil é o responsável pelo próximo EcoSport, a nova geração da Ranger ficou a cargo da Ford Austrália. Construída sobre uma nova plataforma global da Ford e da japonesa Mazda, a picape será vendida em mais de 180 países – entre eles o Brasil, com modelos de fabricação argentina. A unidade de General Pacheco começa a fazer o utilitário em 2012.

Apresentada mês passado, a Ranger terá três versões de carroceria, tração 4×2 ou 4×4 e até cinco opções de acabamento, dependendo do mercado. Além disso, há duas opções de motor Duratorq a diesel (um 2.2 e um 3.2), além de um 2.5 Duratec que por aqui será flex. As transmissões são manuais de cinco e seis marchas, ou uma automática de seis velocidades. Por dentro, destaque para o painel de carro de passeio, com alavanca de câmbio curta como na VW Amarok. A reduzida é acionada por um botão no painel, com bloqueio de diferencial opcional.

A Ranger faz o estilo da Amarok também por fora: ela trocou o jeitão de caminhão por um design mais urbano, com grade cromada e capô arredondado. Por conta dessa maior sofisticação (há até airbags tipo cortina opcionais), a picape vai subir de categoria. A briga dela será com a própria Amarok, Toyota Hilux, Mitsubishi L200 Triton e Nissan Frontier. Por conta disso, executivos da Ford local defendem a continuidade da produção do modelo atual, para cuidar da S10 e das versões top das picapes compactas.

Fonte: Auto Esporte