Denatran: equipe demitida trava liberação de carros importados

Denatran: equipe demitida trava liberação de carros importados

A importação de veículos está travada no Brasil. O motivo? A demissão da equipe técnica do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) no final do ano passado, por parte da antiga administração do governo federal, está atrasando a liberação de carros vindos de fora ao mercado nacional, retardando assim os lançamentos do setor.

Para se ter uma ideia, o impacto nas vendas já é de 1% dos emplacamentos do varejo em 2019. Mas, por que eles foram demitidos? A equipe que cuida da liberação da documentação de veículos importados, que é a CAT (Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito), foi exonerada por cargo por participar de uma festa, no final de 2018.

O evento de uma montadora de caminhões, a Scania, ocorreu na cidade do Guarujá, no final de outubro, quando a marca sueca apresentou sua nova linha de produtos para o mercado nacional e realizou testes com a imprensa na Base Aérea de Santos, localizada na mesma cidade. A festa, ocorrido no resort Jequitimar, teve a presença da equipe do Denatran.

Como de praxe no setor, o fabricante de veículos que convida, hospeda por conta própria as pessoas que participarão do evento e, nesse caso, a equipe do Denatran ficou no resort da rede Sofitel, como a imprensa. No entanto, por serem servidores públicos federais, a presença no lançamento dos caminhões com as despesas pagas pela Scania, acabou repercutindo.

Denatran: equipe demitida trava liberação de carros importados

Assim, o caso foi parar no ministério que, por entender que os funcionários feriram o código de ética do funcionalismo público, foram exonerados. O problema maior, contudo, é que após a demissão, nova equipe foi admitida em seu lugar, mas esta ainda se adapta aos processos do CAT, atrasando tudo.

Sem este documento, os carros importados não podem entrar legalmente no país. A demissão foi ordenada por “Alexandre Baldy (PP-GO), ex-ministro das Cidades, quando o Denatran fazia parte desta pasta. Isso ocorreu em novembro de 2018.

Agora, o departamento está no Ministério da Infraestrutura, que contratou a nova equipe, porém, a demora gerou fila de mais de mil pedidos de certificação e reclamação por parte das montadoras, que perdem dinheiro por não conseguirem colocar seus produtos no mercado.

A Scania afirmou em nota enviada ao jornal Folha de São Paulo, que o convite foi feito de forma transparente ao Denatran e que o mesmo designou os funcionários que participariam do evento, com o objetivo de conhecer as novas tecnologias que a marca sueca estará implementando no Brasil, inclusive testando os veículos, sendo esse o único objetivo do convite.

[Fonte: Folha]

Agradecimentos ao Diego Nortello.

© Noticias Automotivas. A notícia Denatran: equipe demitida trava liberação de carros importados é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.