Renault: SUV derivado do Triber é confirmado para 2020 na Índia

Renault: SUV derivado do Triber é confirmado para 2020 na Índia

De acordo com o site indiano Cartoq, que destacou a informação como exclusiva, a Renault irá mostrar seu projeto conhecido internamente como HBC na Auto Expo 2020, que se realiza anualmente em Nova Déli.

O projeto é de um SUV subcompacto derivado do Renault Triber, que por lá é classificado como minivan, embora pareça também com um crossover. O novo produto será de fato orientado para ser um utilitário esportivo.

O HBC será feito sobre a plataforma modular CMF-A do Kwid, mas com modificações para ficar maior e mais espaçoso, assim como ter porte para atrair os consumidores.

Renault: SUV derivado do Triber é confirmado para 2020 na Índia

Assim como os demais desse segmento, o Renault HBC terá até 3,99 m de comprimento e baterá de frente com uma legião de rivais, dentre eles Ford EcoSport, Honda WR-V, Maruti Brezza, Hyundai Venue e Tata Nexon, por exemplo.

Essa fatia do mercado “sub-4” é muito rentável para as marcas presentes na Índia e não será estranho vermos um modelo da VW produzido aqui, sendo vendido lá também. A Toyota também está de olho com um equivalente de DNA Suzuki (aqui será Daihatsu).

Com um desenho mais robusto, o Renault HBC deve focar no visual para impressionar os clientes indianos, tendo espaço para cinco pessoas e altura livre do solo bem mais elevada que a do Triver.

Tendo este último como base, o HBC poderia ter o mesmo entre-eixos de 2,636 m de comprimento, o que daria uma importante vantagem sobre os rivais, oferecendo assim um habitáculo mais amplo e maior porta-malas.

Renault: SUV derivado do Triber é confirmado para 2020 na Índia Também se espera que o HBC tenha motores mais fortes que apenas o 1.0 SCe de 72 cavalos usado no Triber. Nessa categoria de SUV, os rivais facilmente alcançam a casa dos 120 cavalos, o que exigirá a introdução do 1.2 TCe ou 1.6 SCe.

Assim como o Triber teve bom impacto fora da Índia, também se espera que o HBC tenha potencial para mercados emergentes.

No Brasil, seria um interessante intermediário entre Stepway e Duster, embora a Renault tenha ainda o Captur acima e a faixa de preço esteja bem espremida entre R$ 70.000 e R$ 100.000, dificultando a chegada de algo assim.

[Fonte: Cartoq]

© Noticias Automotivas. A notícia Renault: SUV derivado do Triber é confirmado para 2020 na Índia é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.