Novo BMW M3 será mais leve e deve ter 465 cv

    bmw m3

    Entre a nova onda de carros elétricos e híbridos, os esportivos puros ainda resistem. Um exemplo disso é o fato de que a nova geração do BMW M3 está no “forno” sendo preparada pela marca alemã para chegar às ruas em 2020.

    A nova geração tem uma missão nada fácil: superar os 454 cv do M3 CS – a versão mais potente da atual geração. Para isso, os engenheiros da marca bávara estariam trabalhando em melhorias no propulsor seis cilindros 3.0 turbo para chegar aos 465 cv. Isso, é claro, na versão “base” do M3.

    Entre as tecnologias que devem ser adotadas para garantir a potência extra estão a de injeção de água nos cilindros, disponível no M4 GTS. Ela serve para reduzir a temperatura e permitir melhor eficiência energética.

    O peso adicional do sistema de injeção de água e do reservatório é considerado mínimo pelos engenheiros da BMW. Assim, isso não comprometeria o outro foco da nova geração, que é ser mais leve que os atuais 1.585 kg da M3 CS.

    + BMW mostra novo Série 3 no Salão de Paris
    + BMW Série 3 ganha versão M340i
    + BMW congela preços da motos

    A missão de “emagrecer” o carro não deve ficar tão difícil, afinal, a nova geração do Série 3, mostrada no Salão de Paris, já está 55 kg mais leve que anterior. Claro, a adoção de fibra de carbono em mais áreas do carro deve se tornar imperativa.

    + Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

    Sem tração integral ou eletrificação

    Segundo a publicação britânica Autocar, a BMW considerou ainda o uso de tração integral semelhante à do M5 e algum tipo de eletrificação. Contudo, a adição de peso e a complexidade que isso daria ao projeto tornaram as ideias inviáveis.

    BÔNUS: VEJA QUAIS SÃO OS CARROS MAIS FÁCEIS E BARATOS DE REPARAR DO BRASIL