Novo Cruze: sindicato “estraga” surpresa e revela início de produção na Argentina

 Bastante aguardada no Brasil, a nova geração do Chevrolet Cruze já tem data para começar a ser produzida na América do Sul. O Smata Sindicato de Mecánicos y Afines del Transporte Automotor revelou que o novo Cruze começa a ser feito em fevereiro, quando os trabalhadores da GM Argentina retornam do recesso.A planta da General Motors na Argentina está localizada em Alvear, Santa Fe, onde trabalham 2.350 funcionários. Em declarações a rádio LT8, em Rosário, o sindicalista Marcelo Barros explicou: “A partir de janeiro, todo o pessoal da fábrica entra de férias, e em fevereiro começa a produção do modelo do Projeto Fénix, a segunda geração do Chevrolet Cruze, que será exportado para o Brasil e outros mercados”.Com plataforma e visual completamente reformulados, o novo Cruze ficou mais espaçoso 2,70 metros de entre-eixos. Mais tecnológico, virá com freio de estacionamento eletrônico, terceira geração do MyLink com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, além de uma nova tela sensível ao toque de 8&8243; nas versões de topo.Outro destaque será o conjunto mecânico, que terá como principal novidade o motor 1.4 turbo provavelmente flex, potência em torno de 155 cv e torque máximo de 25,0 kgfm. Também inédito no modelo, será o câmbio automatizado de dupla embreagem e sete velocidades.BrasilConforme antecipamos, a produção em série do modelo deve começar entre abril e maio, com grandes possibilidades de lançamento por aqui em meados de 2016, já como modelo 2017.
Fonte: UOL Carros