Novo Fluence: projeção antecipa próxima geração do sedã

 Bastou a nova geração do Mégane hatch ser apresentada no Salão de Frankfurt, semanas atrás, para que o próximo Fluence versão sedã do Mégane ganhasse uma projeção. O trabalho é do já famoso designer digital theophiluschin, que se aproveitou das linhas mais dinâmicas do novo hatch para criar um sedã com design bem mais agressivo que o atual.
Partindo do desenho do hatch, incluindo a elevação da linha das janelas na porta traseira, o renderista aplicou uma traseira curta e elevada, seguindo as últimas tendências de “sedãs meio fastback”, como visto no Focus e no novo Civic. Derivado do Mégane, o atual Fluence tem projeto original da Samsung, parceira da Renault na Coreia do Sul, e é vendido apenas em determinados mercados
Na dianteira o modelo se destaca pelos faróis com filete de LEDs que rasga o para-choque na parte inferior do conjunto óptico, criando um desenho frontal de bastante personalidade. Atrás, as lanternas horizontais são mais tradicionais, mas também chamam atenção por quase se unirem – elas são separadas apenas pelo logotipo da Renault. Internamente, o Mégane tem como atrações o novo cluster com velocímetro digital no interior do conta-giros e uma central multimídia com formato de iPad
Com vendas na Europa marcadas para o começo de 2016, o novo Mégane não será para nosso bico, não devendo chegar ao Brasil nem como importado. Já o próximo Fluence, que não deve aparecer antes de 2017, passa a ter mais chances. Quem sabe?
Fonte: UOL Carros