Novo Phaeton talvez só nos EUA e China


Por Rodrigo Cassimiro e Costa

Seguindo a mesma posição da Audi de reservar carros maiores para mercados como EUA e Oriente Médio, a Volkswagen estuda a possibilidade de vender a nova geração do Phaeton apenas nos EUA e China. Este último, tem demonstrado ser um importante mercado de sedans, vide o sucesso que nosso Santana fez por lá em muitos anos, quando até havia versões de distância entre-eixos diferentes (Santana 2000 e 3000). O mesmo caso ocorreu com a Citroën, que possui na China duas versões sedan para o C4, o conhecido Pallas e outro menor com a mesma distância entre-eixos do Hatch.

O Phaeton para China e EUA teria design mais imponente, maior distância entre-eixos e aspecto geral de automóvel “norte-americano”. Isso incrementaria as vendas neste país, onde o europeu Phaeton vendeu apenas 2.253 unidades entre 2004 e 2005.

(Fonte: Autohoje)

Fonte: UOL Carros