Opel testa carros movidos a hidrogênio

Mesmo em meio à crise, General Motors lança projeto na Alemanha

Ricardo Tadeu

Equinox foi escolhido para rodar entre diversos países e agora faz sua parada em Berlim, na AlemanhaNa manhã da última quarta-feira (26), a Opel, divisão européia da GM, deu início ao projeto Driveway na Alemanha. A idéia é testar cem unidadesde um mesmo carro que funcione a hidrogênio. Os modelos já passaram por Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul e China e agora rodarão em Berlim, capital alemã. Além de contar com apoio do Ministério Público, o projeto é amparado por diversas multinacionais, entre elas a Allianz, Coca Cola e a Schindler.

Chamado de HydroGen4, tecnologia consiste em motor de 99 cv que chega aos 160 km/h de velocidade máximaO utilitário esportivo Equinox foi escolhido para as provas e carrega na porta o logo HydroGen4. Trata-se da quarta geração de veículos movidos a hidrogênio produzidos pela General Motors. Sob o capô está um motor elétrico de 99 cv, que alimentado com hidrogênio, pode rodar até 320 km. O desempenho, porém, se assemelha ao de um carro com motor pequeno. A velocidade máxima não passa dos 160 km/h e ele leva cerca de 12 segundos para chegar aos 100 km/h.

Abastecido com células de hidrogênio, o modelo roda até 320 km, segundo a General Motors
Fonte: Auto Esporte